Site Oficial

O Artista


Statement – Memorial de Artista Paulo Frade

Motivado por lapsos de pinturas mentais que trazem o gosto inicial da obra, travo um embate entre a ideia sutil das cores, formas e expressões da imaginação, para transformá-las em algo dimensional e palpável.
A matéria pictórica é imprescindível na minha obra.

A textura do óleo, a formação das camadas, o uso do empasto e a mistura de cores, todos esses aspectos estão inter-relacionados com as camadas de pele, presença e vida da pessoa ou objeto a ser retratado.
O trabalho com a pintura a óleo e o retrato, em si, carregam uma relação intrínseca com a intenção de permanência existencial através da imagem e da memória.

Trazer à existência coisas ou pessoas através da arte, promove ao espectador a possibilidade de se conectar com a sensação de vida que esta emana, ou emanava.
Uma das minhas principais motivações se dá em como captar a vida derivada dos corpos, além de sua mera representação. São estas percepções subjetivas que guiam minhas construções figurativas, bem como, o próprio questionamento sobre o embate dual entre as camadas de percepção da vida e da morte. Se há camadas subcutâneas, ou espirituais, estas são meu objeto de estudo.

Acredito que a técnica deve estar a serviço da expressividade. A técnica do claro e escuro me possibilita dramaticidade, além disso, as fartas pinceladas de tinta remetem à tridimensionalidade. Do mesmo modo, estão a escala, a dimensão do vazio versus preenchimento e o direcionamento do olhar, todos são recursos que exploro para a construção de linguagem.

Influenciado pela dramaticidade barroca de Rembrandt e Caravaggio, pela escola realista americana do século XX, Lucien Freud, entre outros artistas, busco estar em contato com ambientes e pessoas reais para aprofundar minha pesquisa pessoal no realismo, como visitas a lugares onde a existência é problematizada,

ou questionada, como hospitais, funerais, asilos.
Lugares de convivência, que denotam a deterioração da matéria, do corpo e da mente, e potencializam estes questionamentos.

BIO

Paulo Frade
1970, São Paulo – SP

Nasceu em São Paulo, onde desenvolve seu trabalho como artista plástico e professor de Artes Visuais desde 1992. Durante 10 anos estudou e trabalhou como assistente do mestre uruguaio Pedro Alzaga. Recentemente foi premiado consecutivamente no Salão de Piracicaba. Atualmente trabalha em seu ateliê na Vila Mariana, ministrando aulas e produzindo suas obras.

 

Bio

PAULO FRADE
1970, São Paulo – SP, Brazil

Paulo was born in São Paulo, where he currently creates his work as an artist and teaches Visual Arts. He recently presented a solo exhibition at Epicentro Cultural, attended the Salon de Automne France-Brazil, at the Latin America Memorial, and received multiple consecutive awards in the Piracicaba Art Salon, Sao Paulo-SP, Brazil.

Statement

Motivated by lapses in mental paintings that can bring the initial taste of a masterpiece, I clash between the subtle idea of colors, shapes and imaginative expressions to transform them into something dimensional and palpable. The pictorial matter is essential in my work . The oil texture, formation of layers , the use of impasto and the mixture of colors, which all are interrelated with the skin layers, the presence and the life of the person or object to be depicted.

Working with oil painting and the portrait itself can carry an intrinsic relationship with the intention of existential immutability through the image and memory. Bringing things or people into life though art gives the viewer the possibility to connect with a feeling of emanative life.

One of my main motivations is how to capture life derived from the bodies, rather than its mere representation. These subjective perceptions guide my figurative constructions, as well as the very questioning of the dual clash between the perception of life and death. If there are any subcutaneous or spiritual layers, these will be the objects of my study.

I believe the technique should service the expression. The technique of light and dark enables dramatization, moreover, abundant ink strokes refer to the three-dimensionality. Similarly, other features that I explore for language construction are scale, the dimension of emptiness versus fullness and direction of the eye sight.

Influenced by the baroque drama of Rembrandt and Caravaggio, the American realist school of the twentieth century, Lucien Freud, among other artists, I try to be in contact with environments and real people to deepen my personal research on realism, such as visits to places where existence is problematized or questioned, such as hospitals, funeral homes and nursing homes . These are living spaces that denotes the deterioration of matter, body and mind, and enhance such questions.

 

Prêmios
2012 2o. lugar no LX Salão de Belas Artes de Piracicaba
2011 Prêmio Aquisitivo no LIX Salão de Belas Artes de Piracicaba

Exposições Individuais
2014 Individual Paulo Frade – Epicentro Cultural, São Paulo – SP
2012 Arte na Pele na Galeria Lado B, São paulo-SP
2011 Realismus, na Galeria Lado B, São paulo-SP

Exposições Coletivas
2013 Keep Walking Dead Brasil , São Paulo – SP
2013 Convenção Mandiga, Buenos Aires – Argentina
2012 Coletiva de São Paulo no Café Jornal, São Paulo-SP
2012 Salão São Paulo de Turismo, São Paulo-SP
2012 Convenção Mandiga, Buenos Aires – Argentina

Tel: 11-96439-1324 – Falar com Aline
ateliepaulofrade@hotmail.com